Principal>Notícias>Cartas de Einstein sobre Deus

Cartas de Einstein sobre Deus

Um lote com 27 cartas escritas pelo físico alemão Albert Einstein vai a leilão nesta quinta-feira (11) na Califórnia, Estados Unidos. Conhecidas como "Cartas de Einstein", as missivas contêm discussões que vão desde a existência de Deus, os estudos de geometria do filho e até um brinquedo ganho na infância. A casa de leilões Profiles in History estima que cada carta seja arrematada por valores que podem variar de US$ 5 mil a US$ 40 mil, com o lote completando atingindo até US$ 1 milhão.

 

Einstein

 

Algumas cartas do autor da Teoria da Relatividade foram escritas a mão, outras a máquina, em inglês e alemão. As cartas pertencentes a um colecionador representam um dos maiores lotes de escritos pessoais de Einstein já colocados à venda.

 

O maior atrativo das missivas é a possibilidade de acesso aos pensamentos privados de Albert Einstein. Entre as missivas está uma endereçada a um de seus filhos, para que levasse mais a sério seus estudos sobre geometria. Em outra, ele consola uma amiga, que havia descoberto que o marido andava lhe traindo. 

 

Em uma carta enviada a um tio para parabenizá-lo por seu aniversário de 70 anos, Einstein lembra que foi exatamente um brinquedo que ele havia ganho desse parente -- uma locomotiva a vapor -- que suscitou inicialmente seu interesse pela ciência.

 

Mas é uma carta na qual ele fala sobre a existência de Deus que deve atrair mais a atenção de colecionadores. Nos anos 1940, Einstein trocou correspondências com um homem chamado Guy Raner Jr, residente na Califórnia, sobre o assunto. Na carta, ele diz: "Eu já disse repetidamente que na minha opinião a ideia de um Deus pessoal é infantil". "Talvez você me chame de agnóstico, mas eu não compartilho o espírito de um ateísta profissional… Prefiro uma atitude de humildade que corresponda à fraqueza de nossa compreensão intelectual da natureza e de nós mesmos."

 

Cartas de Einstein

 

De acordo com Joseph Maddalena, fundador da casa de leilões Profiles in History, as cartas "não têm preço" se considerarmos esse caráter privado, que permitiria entender o físico mais brilhante do século 20. "Nós sabemos das grandes conquistas de Einstein que mudaram o mundo, devido à Teoria da Relatividade, mas estas cartas mostram o outro lado da história. Como ele aconselhava seus filhos e sua crença em Deus".

 

"Não estamos falando de um autógrafo de Babe Ruth (famoso jogador de beisebol) ou de Marilyn Monroe. Estamos falando de história", afirma.

 

 

Publicado em 12/06/2016

Fonte: Uol Notícias

  

Compartilhe com seus amigos!



Teste de mesa | Tecnologia | Ciência | Informática