Principal>Notícias>Descoberto um exoplaneta do tamanho de Marte

Descoberto um exoplaneta do tamanho de Marte

 

Assim como os astrônomos do início do século XX estudaram uma grande variedade de estrelas a fim de caracterizar e classificar diferentes tipos, os astrônomos no século XXI estão fazendo o mesmo para entender a diversidade e demografia das populações exoplanetárias na nossa Via Láctea.

 

Descoberto um exoplaneta do tamanho de Marte

Os cientistas estão trabalhando para usar estas novas medições de exoplanetas pequenos do Kepler e do futuro TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) com o objetivo de identificar padrões na relação entre a massa e tamanho. Estas informações irão fornecer um contexto para a compreensão da história da Terra e de outros planetas no nosso próprio Sistema Solar e informar os caçadores de exoplanetas da próxima geração à medida que procuram vida fora do nosso Sistema Solar.

 

Um estudo anterior mediu as massas dos dois exoplanetas exteriores. Este novo estudo realizou uma análise mais detalhada do sistema de Kepler-138 usando dados adicionais do Kepler. Isto permitiu a medição da massa do exoplaneta interior com o tamanho de Marte e melhorou a precisão do tamanho e da massa dos exoplanetas exteriores. Os resultados foram publicados na revista Nature.

 

Descoberto um exoplaneta do tamanho de Marte

 

Planetas extra-solares que passam na frente de sua estrela-mãe (trânsito) causam uma diminuição temporária no brilho aparente da estrela, proporcionando uma medida direta do tamanho do planeta e período orbital. Em alguns sistemas com múltiplos planetas em trânsito, os tempos dos trânsitos são comprovadamente afetados pelas interações gravitacionais entre planetas vizinhos. Em casos favoráveis, as partidas de órbitas keplerianas (isto é, não afetados por efeitos gravitacionais) implícitas nos tempos de trânsito observados permitem que as massas planetárias a serem medidas, sejam chave para determinar as suas densidades. Caracterizar os planetas rochosos é particularmente difícil, porque eles são geralmente menores e possuem menos massa do que os planetas gasosos. 

 

Assista o vídeo:

 

 

 

Publicado em 27/06/2015

Fonte: http://www.nature.com/nature/journal/v522/n7556/full/

nature14494.html

http://eternosaprendizes.com/2015/06/20/inedito-medindo-a-massa-de-um-exoplaneta-similar-a-marte/

 

Compartilhe com seus amigos!



Teste de mesa | Tecnologia | Ciência | Informática